Práticas de pesquisa

Em consonância com sua visão, de tornar-se uma referência brasileira em Educação, o Colégio Koelle está constantemente investigando suas práticas e coletando dados, qualitativos e quantitativos, para identificar seus pontos fortes e as áreas que necessitam evoluir. Estas informações são discutidas em todas as instâncias da escola e servem de subsídio para os diretores elaborarem o planejamento estratégico anual. A aquisição de dados acontece por meio de diversos instrumentos, como:

  • pesquisas individuais com pais, alunos e professores.
  • reuniões coletivas com pais e professores.
  • avaliações externas, como o ENEM e o Geekie Teste.
  • entrevistas individuais e em pequenos grupos com pais, alunos e professores.
  • indicadores específicos nos processos escolares, envolvendo alunos, professores e funcionários.

Após a análise dos dados identificar tendências e produzir métricas para os diversos processos da escola, as informações relevantes são compartilhadas com a comunidade escolar por meio de diversos canais de comunicação, tais como:

  • o informativo mensal da escola, Kara do Koelle.
  • as reportagens da equipe de comunicação da escola, TV Koelle.
  • as apresentações multimídia nas reuniões com pais.
  • as publicações nas redes sociais da escola.
  • as reuniões pedagógicas com os professores.
  • as reuniões do Conselho de Gestão da escola. 

Em uma escola, o desenvolvimento intelectual, emocional e social de um aluno é um processo muito complexo e que envolve múltiplos fatores. Apesar de ser impossível isolar um único fator e mensurar seu efeito sobre o processo, é possível através de análises comparativas e do estudo das tendências observadas nos dados inferir as contribuições de um determinado fator no processo educacional.

No Colégio Koelle, após 5 anos da introdução do iPad, é possível demonstrar a alta correlação do uso do iPad com diversas mudanças e conquistas vivenciadas na escola. A seguir, apresentamos 7 evidências de sucesso que podem ser atribuídas diretamente a implantação do programa iPad.

Matrículas

Desde o final de 2013, o Colégio Koelle tem divulgado em Rio Claro e região sua proposta pedagógica focada no uso da tecnologia. As peças publicitárias, o atendimento às famílias que pretendem matricular seus filhos na escola e as reuniões com pais mostram o iPad nas diversas atividades da escola e os projetos realizados pelos alunos com este dispositivo. Além disso, as famílias que irão matricular o filho a partir do 6º ano do Ensino Fundamental II recebem a lista de materiais escolares com a instrução que é obrigatório adquirir um iPad para uso diário na escola.

Este posicionamento estratégico do Colégio Koelle impulsionou a quantidade de alunos matriculados em todos os níveis de ensino e em 2017 a escola ultrapassou a marca de 1000 alunos, o que não ocorria desde 1997.

ENEM

Criado pelo Ministério da Educação em 1998, o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) é realizado anualmente pelos alunos de todo o país que estão concluindo o Ensino Médio. Desde 2005, os resultados de cada escola são de acesso público e divulgados pela imprensa no ano seguinte. O Colégio Koelle tem se destacado como a melhor escola de toda a região e uma das melhores do país, num universo de aproximadamente 15.000 escolas. Este desempenho é consequência natural do trabalho desenvolvido com os alunos, sem nenhuma preparação especial para o exame ou a existência de um curso pré-vestibular em suas instalações. A análise da posição nacional da escola a partir de 2014 mostra uma clara tendência descendente. A turma de 2016 (no gráfico, representada pelo resultado divulgado em 2017) é a primeira que cursou todo o Ensino Médio no modelo 1×1 de iPad e alcançou a 100ª posição do Brasil.

Livros Digitais

Um aspecto que torna o programa iPad do Colégio Koelle diferenciado consiste na produção de material didático, em formato digital, elaborado pelos próprios professores para diversas disciplinas do Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e Ensino Médio, bem como as apostilas de revisão utilizadas pelos alunos da 3ª série do Ensino Médio. No processo de escrita os professores contam com a consultoria externa de um especialista na área, que acompanha a elaboração e faz a leitura crítica do livro.

Nas pesquisas individuais realizadas anualmente com os alunos, é praticamente unânime a aprovação e preferência de adoção dos nossos livros em relação aos oferecidos pelas editoras tradicionais. O sucesso deste projeto tem motivado a escola a gradualmente produzir mais livros didáticos.

Compartilhando nosso sucesso

Desde sua fundação em 1883, o Colégio Koelle tem tido a oportunidade de compartilhar seu aprendizado e suas conquistas com a sociedade. A sua história secular e o pioneirismo na adoção do iPad colocam a escola numa posição de liderança no atual cenário educacional e reforçam o compromisso do Colégio Koelle em contribuir para a melhora da Educação no Brasil.

Nos últimos anos, temos recebido a visita de várias instituições (da nossa região e de outros estados do Brasil que desejam conhecer nosso programa iPad. Nestas visitas, organizamos um dia de atividades para que elas possam vivenciar como estamos redefinindo o processo de ensino e aprendizagem. Estas atividades consistem em um passeio monitorado pela escola com nossos alunos embaixadores, assistir aulas de quaisquer disciplinas para presenciar o uso efetivo do iPad, conversas individuais ou em pequenos grupos com alunos e professores, conversa com os assessores do DAK e reunião com os diretores e coordenadores.

Instituto Bom Jesus (Joinville, SC – 2018).
Colégio Educativa (São Carlos, SP – 2018).
Colégio Einstein (Limeira, SP – 2018).
Liceu Terras do Engenho (Piracicaba, SP – 2018).
Colégio Humboldt (São Paulo, SP – 2018).
Sant’Anna International School (Vinhedo, SP – 2017).

Em 2017, o Colégio Koelle recebeu a visita de duas assessoras da empresa americana Education Elements, especializada em consultoria para escolas no ensino personalizado. A partir desta visita, a escola foi convidada a participar de uma capacitação em ensino personalizado com mais 3 escolas do Brasil no 1º semestre de 2018.

Estas visitas têm proporcionado uma valiosa devolutiva sobre nosso programa iPad e contribuído para que os professores compreendam o quanto eles já avançaram na integração da tecnologia com o processo de ensino e aprendizagem.

Education Elements (USA – 2017)
Da esquerda para direita: Suelen, Maja, Gunar, Claudio (Geekie), Camila (Geekie), Rui, Lindsay (Education Elements), Teodoro e Simma (Education Elements).

O Colégio Koelle tem participado de diversos congressos educacionais nos quais os professores podem apresentar os projetos pedagógicos de sucesso, em sua grande maioria compartilhando boas práticas no uso inovador da tecnologia. Os professores recebem no DAK todo o apoio necessário para produzir documentos e mídias e na elaboração de suas apresentações.

Dentre estes congressos destaca-se o ICLOC, fundado em 2009 na cidade de São Paulo e que recebe anualmente mais de 4.000 professores de escolas públicas e privadas de todo o país. Na edição de 2018, 978 trabalhos de professores foram aprovados e apresentados ao público em 250 sessões, divididas em 3 horários diferentes.

Além destas ações, o programa iPad do Colégio Koelle foi amplamente divulgado em 3 ocasiões:

  • Em 2014, a empresa norte-americana AirWatch publicou em sua página na internet um estudo de caso sobre o uso do iPad como ferramenta de ensino na escola e a revista Educação, em sua edição número 203, publicou uma matéria sobre uso da tecnologia nas escolas na qual destacava o projeto do Colégio Koelle.
  • Em 2015, o projeto do livro didático digital de Ciências do Ensino Fundamental I venceu o concurso “Projeto Pedagógico nota 10” da unidade de Rio Claro do Centro do Professorado Paulista (CPP), entidade de classe que representa os professores do estado de São Paulo.

Alunos

A missão de uma escola é desenvolver em seus alunos o máximo de suas habilidades e talentos. Desta forma, nossos alunos podem contribuir de maneira significativa para a construção de uma sociedade melhor. Nesta seção, destacamos alguns alunos que obtiveram reconhecimento por seu desenvolvimento acadêmico e projetos realizados no Colégio Koelle, demostrando nossa visão de Educação e a contribuição do uso da tecnologia nestas conquistas.

A equipe de robótica da escola, Koelle Pandas, foi fundada em 2007 e desde então tem conquistado prêmios nos campeonatos da First Lego League. Gustavo Sanchez, 17 anos, é aluno do Colégio Koelle desde 2008 e integrante da equipe desde 2014. Pedro Guimarães Siqueira, 17 anos, é aluno do Colégio Koelle desde 2008 e integrante da equipe desde 2013.

O projeto “Arte Ativa”, orientado pela professora Caroline Florindo e que discute o empoderamento feminino, mantém uma longa tradição da escola de conquistar prêmios em feiras científicas nacionais e internacionais. Amanda Guadiz, 16 anos, é aluna do Colégio Koelle desde 2013. Nicolle da Silva, 16 anos, é aluna do Colégio Koelle desde 2013.

Bárbara Nonato, 17 anos, é aluna do 3º ano do Ensino Médio e estuda no Colégio Koelle desde 2008. Ela venceu o concurso “Aluno do ano” em 2015, da unidade de Rio Claro do Centro do Professorado Paulista, e como a primeira aluna embaixadora do Colégio Koelle, apresentou o programa iPad para os visitantes e nas reuniões de pais.

Ex-Alunos

O Colégio Koelle mantém uma forte relação com seus ex-alunos, como demonstrado nos capítulos desta publicação. A AKEA, Associação de ex-alunos do Colégio Koelle, foi fundada em 1951 e organiza anualmente um evento festivo durante um final de semana para reencontro dos ex-alunos das diversas épocas da escola. O legado e o sucesso dos talentosos ex-alunos do Colégio Koelle inspiram os atuais alunos no seu desenvolvimento acadêmico e pessoal e alimentam o desejo de novas conquistas no futuro.

Nesta seção, apresentamos dois ex-alunos que tiveram a oportunidade de estudar na escola durante os primeiros anos do programa iPad e atualmente se destacam na universidade.

Vitor Ferreira, 20 anos, estudou no Colégio Koelle de 2006 a 2016. Ao se formar no Ensino Médio, foi aprovado em Engenharia Mecânica nas principais universidades do Brasil (USP, Unicamp, Unesp, UFRJ e UFSC) e em várias universidades dos Estados Unidos (University of Washington, University of Wisconsin, Michigan State University, University of Colorado Bouler, Texas [email protected] University e Virginia Polytechnic Institute and State University). Atualmente, cursa o 2º ano de Engenharia Mecânica na USP.

Nicoli Lucci, 20 anos, estudou no Colégio Koelle de 2005 a 2015. Ao se formar no Ensino Médio, foi aprovada em Engenharia de Materiais nas principais universidades do Brasil: USP, Unicamp, UFSCar e UFTPR (na qual foi aprovada em 1º lugar em seu curso). Atualmente, cursa o 3º ano de Engenharia de Materiais na UFSCar.

Empresas Parceiras

Na construção do seu programa iPad, o Colégio Koelle contou com o apoio de algumas empresas que atuam na área de Educação e são especialistas em tecnologia. Estas empresas foram fundamentais fornecendo serviços e produtos a diversas áreas do programa, além de contribuir intensamente no programa de desenvolvimento profissional dos coordenadores, professores e funcionários da escola.

A Geekie é uma empresa referência em educação com apoio de inovação no Brasil e no mundo. Fundada em 2011 pelos empreendedores Claudio Sassaki e Eduardo Bontempo, atua com foco no Ensino Médio e Fundamental II, aliando tecnologia de ponta à metodologias pedagógicas inovadoras. Por meio das quatro soluções que desenvolveu, a Geekie já alcançou mais de 5 mil escolas públicas e privadas de todo país e mais de 10 milhões de estudantes – dentro ou fora da sala de aula. Pelo trabalho desenvolvido, entre diversos outros reconhecimentos, as soluções Geekie foram apontadas como uma das seis tecnologias educacionais mais inovadoras do mundo pelo prêmio WISE, considerado o Oscar da educação. A Geekie trabalha em parceria com o Colégio Koelle desde 2015, aplicando o Geekie Teste (uma avaliação externa comum adotada por diversas escolas de excelência no Brasil) aos alunos do Ensino Fundamental I, Fundamental II e Médio. Em 2018, a escola adotou o Geekie One no 9º ano do Ensino Fundamental II, uma plataforma educacional totalmente digital.

Fundada em 2012 pelo nosso ex-aluno Alcyr Araujo, a Mosyle Manager é atualmente a referência global no gerenciamento dos dispositivos móveis da Apple no mercado educacional, provendo suporte para mais de 7.000 escolas em mais de 70 países para gerenciar dispositivos iPad, Mac e AppleTV utilizados diariamente por mais de 1 milhão de estudantes e professores. Desde 2014, o Colégio Koelle utiliza o MDM da Mosyle para gerenciar os dispositivos iPad dos alunos, com ênfase no bloqueio de aplicativos no horário de aulas.

Agende uma visita