A adoção dos produtos Apple na escola promoveu um significativo aumento no uso da tecnologia nas ações cotidianas. O iPad permite o acesso as informações e ao conteúdo escolar além da sala de aula a qualquer momento e em qualquer lugar, aumentando o interesse e a motivação dos alunos pelos estudos, por meio de projetos e atividades que promovem a colaboração e o trabalho em equipe, a comunicação e a criatividade, o ensino personalizado, o pensamento crítico e o engajamento com o mundo real.

O modelo teórico SAMR, desenvolvido pelo Dr. Ruben Puentedura, têm orientado o trabalho pedagógico de coordenadores e professores. Para atingir a excelência em Educação expressa em nossa Visão, é necessário que o uso da tecnologia Apple promova ações além da simples substituição do papel ou das práticas já existentes. Após vivenciar a etapa da ampliação de recursos proporcionada pela tecnologia, é fundamental que o trabalho dos professores avance gradualmente para a modificação e a redefinição. O Colégio Koelle tem o compromisso com a comunidade de usar a tecnologia para maximizar o desenvolvimento de seus alunos e isto significa redefinir o processo de ensino e aprendizagem, realizando atividades pedagógicas com a tecnologia que não eram possíveis anteriormente.

Quando nossos estudantes realizam projetos que estão acima da linha de transformação proposta no modelo SAMR, eles se envolvem em atividades que priorizam o pensamento crítico e maneiras inovadoras de expressarem o seu aprendizado, através da produção de conteúdo que será divulgado além de sua turma e seu professor. Desta forma, os coordenadores e professores estão constantemente analisando nossa estrutura curricular para identificar como e quando a tecnologia pode ser inserida para ampliar e redefinir a aprendizagem e as estratégias de ensino.

Todo este cenário tem estimulado o envolvimento profissional com a escola e provocado o diálogo constante entre professores e coordenadores. Os professores têm sido estimulados a serem mais ousados e assumir mais riscos, propondo projetos pedagógicos inovadores e aprendendo com os obstáculos e erros que inevitavelmente ocorrerão. O suporte constante aos professores tem permitido o planejamento específico das aulas e a seleção de aplicativos e estratégias que irão aumentar a motivação, o aprendizado colaborativo e o envolvimento dos alunos. Os professores têm convidados alunos a compartilhar seu aprendizado com os demais alunos, seja através de disciplinas optativas no contra turno ou ministrando oficinas em aulas regulares de uma determinada disciplina do currículo.

Os alunos do Colégio já utilizam celulares e iPad em casa e possuem habilidades que lhes permitem o uso efetivo destes dispositivos para comunicação, em especial nas redes sociais. No entanto, não se pode assumir que eles sabem como utilizar estes dispositivos para o estudo e aprendizado. É função da escola introduzir práticas e apresentar aplicativos que desenvolvam nestes alunos a capacidade de usar adequadamente a tecnologia para fazer anotações, trabalhar de forma colaborativa, realizar pesquisas e produzir conteúdos multimídias.

Desde a introdução do programa iPad, o uso de aplicativos de criação tem aumentado e um novo mundo de oportunidades está redefinindo o processo de aprendizado. Professores e alunos têm se aproveitado do uso de livros didáticos digitais e da criação e compartilhamento digital de conteúdo multimídia. As aulas estão se tornando mais produtivas e interativas, com o aluno assumindo maior protagonismo ao participar ativamente de projetos focados na solução de problemas e na produção criativa de conteúdo. A avaliação da aprendizagem está começando a mudar sua ênfase, valorizando menos o produto final e procurando avaliar o desenvolvimento do aluno ao longo do processo e sua habilidade de demonstrar a compreensão dos conceitos abordados na atividade de diferentes maneiras.

Neste capítulo, gostaríamos de compartilhar 6 projetos pedagógicos desenvolvidos na escola nestes 5 anos do programa iPad que julgamos demonstrarem nosso estágio de maturidade no uso da tecnologia e a visão de Educação do Colégio Koelle.


Estudo de Caso 1: Stop Motion

Descrição
Público-alvo: Educação Infantil e Ensino Fundamental I
Disciplinas: Música, Artes e Educação Tecnológica

Competências

  • Trabalho em equipe – Os alunos criam coletivamente a animação da turma.
  • Comunicação e Criação – O vídeo em stop motion é apresentado para a comunidade.
  • Pensamento Crítico – Os alunos devem discutir a melhor estrutura de roteiro para a animação.

Aplicativos 

Pages: Escreva o roteiro.
Draw and Tell HD: Desenhe os personagens.
Câmera: Fotografe os personagens.
Tromaramix: Crie a animação em Stop Motion.
Voice Notes: Grave a voz dos personagens.
iMovie: Finalize a edição do vídeo.
Youtube: Divulgue os vídeos.
Safari: Divulgue o projeto no site do laboratório.

Suelen Ritter Arruda, 28 anos, é professora no Colégio Koelle desde 2012 e responsável pela disciplina de Educação Tecnológica para os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I.

Clique aqui para acessar a página do Laboratório de Educação Tecnológica na Internet:


Estudo de Caso 2: Bichinhos de Jardim

Descrição
Público-alvo: 3o ano (Ensino Fundamental I)
Disciplina: Ciências

Competências

  • Trabalho em equipe – O projeto é realizado em grupos. 
  • Comunicação e Criação – A apresentação é compartilhada com a comunidade.
  • Personalização da Aprendizagem – Os alunos escolhem os bichinhos que irão estudar.
  • Pensamento Crítico – Os alunos analisam as características físicas dos bichinhos.
  • Envolvimento com o mundo real – Os alunos vivenciam a atividade no jardim da escola. 

Aplicativos

iTunes U: Acesse o livro digital de Ciências.
iBooks: Leia o capítulo sobre Animais de jardim.
Câmera: Fotografe os bichinhos.
ColorBox: Desenhe o bichinho.
BookCreator: Crie o livro digital e exporte sua apresentação.
Youtube: Publique a apresentação.

Beatriz Vidal Coelho, 33 anos, é professora no Colégio Koelle desde 2008 e leciona no 3º ano do Ensino Fundamental I.


Estudo de Caso 3: Vamos para o museu?

Descrição
Público-alvo: 5o ano (Ensino Fundamental I)
Disciplinas: História e Educação Tecnológica

Competências

  • Trabalho em equipe – Os alunos, em duplas, irão criar audioguias para objetos do museu.
  • Comunicação e Criação – Os audioguias serão disponibilizados via código QR para os visitantes.
  • Personalização da Aprendizagem – Cada dupla escolhe o objeto que irá estudar.
  • Pensamento Crítico – Os alunos devem sintetizar as informações sobre o objeto num áudio curto.
  • Envolvimento com o mundo real – Os objetos pertencem ao Museu da imigração alemã.

Aplicativos

iTunes U: Acesse o livro digital de História.
iBooks: Leia o capítulo sobre a imigração alemã e o Museu.
Câmera: Fotografe os objetos.
Voice Notes: Grave os áudios.
iMovie: Edite os audioguias.
Safari: Crie os códigos QR

Arlene Fontanetti Christofoletti, 43 anos, é professora no Colégio Koelle desde 1999 e leciona no 5º ano do Ensino Fundamental I.


Estudo de Caso 4: Dinâmica Musical

Descrição
Público-alvo: 9o ano (Ensino Fundamental II)
Disciplina: Música

Competências

  • Trabalho em equipe – O projeto é realizado em grupos.
  • Comunicação e Criação – Cada aluno produz um vídeo para expressar seu aprendizado.
  • Personalização da Aprendizagem – Cada aluno elabora livremente o roteiro do vídeo.
  • Pensamento Crítico – Os alunos devem sintetizar suas sensações e aprendizado.
  • Envolvimento com o mundo real – Os alunos aprofundam seu aprendizado com suas músicas preferidas.

Aplicativos

Safari: Pesquise sobre dinâmica musical.
GarageBand: Interaja com sons e instrumentos.
Pages: Escreva o roteiro.
Câmera: Filme as suas sensações.
iMovie: Edite o vídeo.

Amanda Tralba, 25 anos, é professora no Colégio Koelle desde 2017 e responsável pela disciplina de Música para os alunos dos 8º e 9º anos do Ensino Fundamental II.


Estudo de Caso 5: Conferências do meio ambiente da ONU

Descrição
Público-alvo: 2º ano (Ensino Médio)
Disciplina: Geografia

Competências

  • Trabalho em equipe – O projeto é realizado em grupos.
  • Comunicação e Criação – Os alunos expressam seu aprendizado por meio de um mapa conceitual.
  • Personalização da Aprendizagem – Os estudantes escolhem a melhor rota de acesso para o conteúdo.
  • Pensamento Crítico – Os estudantes devem analisar, interpretar e avaliar as conferências.

Aplicativos

Safari: Pesquise sobre as conferências.
Youtube: Assista vídeos sobre as conferências.
Google Drive: Acesse o material compartilhado pelo professor.
Cabinet: Identifique as principais informações dos textos.
Google Earth: Visualize detalhes das regiões estudadas.
SimpleMind: Crie seu mapa conceitual.

Rodolfo Biazotto, 29 anos, é professor no Colégio Koelle desde 2015 e responsável pela disciplina de Geografia para os alunos dos 1º e 2º anos do Ensino Médio.


Estudo de Caso 6: TV Koelle

Descrição
Público-alvo: Ensino Médio
Disciplinas: TV Koelle (optativa)

Competências

  • Trabalho em equipe – O projeto é realizado em grupos.
  • Comunicação e Criação – Os estudantes produzem reportagens em vídeo.
  • Personalização da Aprendizagem – Os estudantes devem montar a pauta e estruturar as reportagens.
  • Pensamento Crítico – Os estudantes devem sintetizar as informações obtidas.
  • Envolvimento com o mundo real – As reportagens abordam assuntos importantes da escola.

Aplicativos

Pages: Elabore a pauta.
Câmera: Grave as reportagens.
iMovie: Edite os vídeos.
Youtube: Divulgue as reportagens.

João Paulo Maria, 36 anos, ex-aluno do Colégio Koelle (1988 a 2000), é professor na escola desde 2013 e responsável pela disciplina optativa de Cinema para os alunos do Ensino Médio.
Fernanda Tosini, 31 anos, é professora no Colégio Koelle desde 2017 e responsável pela disciplina optativa TV Koelle para os alunos do Ensino Médio.

Clique para acessar o canal da TV Koelle no YouTube:

Agende uma visita