5 Brincadeiras Lúdicas Para Fazer em Casa Com Seu Filho

5 Brincadeiras Lúdicas Para Fazer em Casa Com Seu Filho

Categoria: Artigos

O ato de brincar estimula o desenvolvimento infantil. Por essa razão, as brincadeiras lúdicas são tão importantes para as crianças. Dentre os benefícios da prática estão o aumento do conhecimento, a melhora das habilidades e a maior interação entre pais e filhos.

A seguir, conheça algumas opções de jogos para fazer com seu filho e saiba mais sobre as vantagens de aprender brincando.

Benefícios das brincadeiras lúdicas para as crianças

As crianças que entram em contato com brincadeiras lúdicas durante a sua infância desenvolvem melhor seu lado social e intelectual. Desde cedo, elas aprendem a lidar com diferentes situações, a conviver e a se relacionar com os demais, o que proporciona noções de conceitos como:

  • companheirismo e empatia;
  • respeito ao próximo;
  • resiliência;
  • habilidades de ouvir e se comunicar;
  • obediência e respeito às regras;
  • tolerância;
  • competências de negociação, criatividade e concentração.

Além disso, a interação que ocorre entre pais e filhos nesses momentos também contribui para a união da família, pois fortifica os laços de amor e compreensão.

Em um cenário onde cada vez mais pais recorrem às tecnologias para entreter as crianças, separar um tempo para as brincadeiras lúdicas é indispensável. Por isso, conheça cinco opções de jogos para você apoiar o desenvolvimento de seu filho:

1. Desenho sem fio

Desenhar e pintar contribui para a criatividade dos pequenos. O desenho sem fio torna essa clássica brincadeira ainda mais divertida.

Para brincar, os pais e as crianças devem ficar sentados, enfileirados, um atrás do outro. O último da fileira deverá desenhar algo com os dedos nas costas do próximo que, em seguida, irá reproduzir o desenho em uma folha de papel.

Depois, o segundo jogador deverá desenhar esse mesmo desenho nas costas da pessoa a sua frente, que também passará para o papel. O engraçado da brincadeira é comparar o resultado!

2. Jogo dos setes erros humano

O jogo consiste em mudar sete objetos de lugar e a missão é fazer com que a criança descubra quais foram esses itens. A brincadeira trabalha o senso de percepção, atenção e memória.

3. Morto-Vivo

Já para o desenvolvimento da coordenação motora e a capacidade de concentração, a brincadeira morto-vivo é uma ótima pedida.

Para jogá-la, comece enfileirando os participantes. Depois, escolha um dos jogadores para dar os comandos. Quando ele disser “vivo” todos devem ficar de pé e quando disser “morto” todos devem agachar.

O jogador pode alternar as palavras e dar o ritmo que entender. Quem errar o comando ficará de fora da brincadeira até a próxima rodada.

4. O mestre mandou

Um dos participantes será escolhido para ser o mestre. Ele ficará responsável por ordenar que os demais jogadores o imitem. Por exemplo: “o mestre mandou sentar no chão” e todos devem repetir o ato.

Além de divertir, o jogo impulsiona a criatividade e o respeito às regras.

5. O feiticeiro

Dentre as opções de brincadeiras lúdicas, essa é indicada para quando houver uma quantidade maior de crianças.
O jogo consiste em nomear um dos participantes como feiticeiro — que irá perseguir os colegas. Quem for tocado por ele ficará enfeitiçado e deverá ficar parado, com as pernas afastadas.

Enquanto a perseguição continua, os jogadores que estão livres devem passar por debaixo das pernas do amigo para quebrar o feitiço.

A brincadeira promove o senso de companheirismo e cooperação. Além disso, é uma boa atividade física.

Gostou do artigo? Ajude mais pais a compreenderem a importância das brincadeiras lúdicas. Compartilhe o conteúdo em suas redes sociais!

Acesse as notícias do Colégio Koelle e confira mais artigos como este.

Agende uma visita
Share This